pt-BR
2019-11-12

RETALHOS QUE ME HABITAM – TEKO SEMENTE

RETALHOS QUE ME HABITAM – TEKO SEMENTE

“Anualmente 170 mil toneladas de lixo têxtil são geradas no Brasil e apenas 20% desse material é reciclado.” Essa informação é familiar para você?

Consciente do impacto ambiental gerado pela indústria da moda e motivado pelo desejo de mostrar que é possível trilhar outros caminhos nesse nicho, o artista caiçara Teko Semente concebeu a exposição “Retalhos que me habitam”.

Teko trabalha com material de descarte há mais de 10 anos em Paraty. Em seu atelier transforma retalhos de tecido em vestidos cobertos de poesia. Ao ressignificar, de forma ímpar, o que iria para o lixo, ele induz a reflexão sobre consumo, tão necessária nos tempos atuais.

“Retalhos que me habitam” é um manifesto em defesa ao meio ambiente, ao trabalho manual, sustentável e a poesia!

Visite a exposição até 22 de novembro na Casa da Cultura!

25 ou – 22 nov
Sala Dona Geralda
Entrada Franca

Fotos: Leonardo Assis

 

Deixe um comentário

Campos com * são obrigatórios. HTML não é permitido

Realização

Prefeitura de Paraty

Patrocínio

Eletronuclear

Parceria

Jet

Desenvolvimento

Opera2