pt-BR
2018-09-22

Acontece Paraty – Programação Turística e Cultural de 12 a 18 de julho

Acontece Paraty – Programação Turística e Cultural de 12 a 18 de julho

Casa da Cultura

De De 12 a 18 de julho

Nesse mesmo dia 6, às 20h, teremos a abertura de três novas exposições:
* Gaia e suas dimensões paralelas, de Anna Guilhermina
* A terra nos abraça e o mar nos une, de Flávio Araújo
* A tradição e a arte, de Lúcio Cruz

Exposições abertas ao público de terça a sábado das 10h as 22h e domingo das 10h as 16h.

Sala Natalino Silva – Até 09/09
Exposição A terra que nos une, o mar que nos abraça, de Flávio Araújo
O poeta e escritor Flávio de Araújo é natural de Paraty, nascido em uma família de pescadores da Praia do Sono, comunidade de difícil acesso, reduto caiçara por excelência. Após lançar seu primeiro livro de poesias, Zangareio (2008), o primeiro da editora Off Flip, Flávio teve a oportunidade de participar de diversos eventos literários em outros estados e em outros países, como Cuba e México.Tem sido autor homenageado de inúmeros projetos pedagógicos nas escolas da região além de ser curador do programa Off Flip das Letras.

Salão Nobre – Até 15/07
Exposição Gente Daqui, exposição fotográfica exibe 40 retratos na moldura do fotógrafo Giancarlo Mecarelli. A exposição exibe 40 retratos de paratienses envoltos em uma moldura dourada de 1850. A ideia do fotógrafo Giancarlo Mecarelli foi inspirada no costume dos antigos pintores, que retratavam pessoas em seus ateliês, numa época em que a fotografia sequer existia. “A moldura cria contraste e enobrece o retrato”, diz Mecarelli. As primeiras fotos foram feitas com moradores dos bairros da Ilha das Cobras e Parque da Mangueira, para uma uma das mostras do Paraty em Foco.

Sala Dona Geralda – Até 12/09
Na exposição “Gaia e suas dimensões paralelas”, de Anna Guilhermina, temos uma seleção de obras onde cenas de florestas, recantos aquáticos, ou imponentes árvores, evocam sensações provocadas por justaposições. A artista trabalha com reconstruções fotográficas de paisagens sob uma mirada complexa, fazendo uso de variações sutis de pontos de vista que dilatam o espaço registrado. As imagens são tomadas de forma plural, ora constituindo séries, ora formando conjuntos transfigurados a partir de sobreposições das frações que compõem a imagem central. A obra sonora Encontro com Gaia nos coloca em contato com a experiência de mergulhar, junto com a artista, no universo sensorial das matas e riachos. Transmite a dimensão vivencial associada ao fértil potencial multiplicador simbolizado por Gaia – a Mãe Terra.

A Tradição e a Arte – Exposição Lúcio Cruz 
Ele passou a infância nas ruas do Centro Histórico, onde seu pai era comerciante de loja de armarinho. Desde menino, Lúcio Cruz conviveu com as tradições, festas e manifestações desta Paraty isolada, anterior à construção da estrada Rio Santos. É desse universo que sempre tirou inspiração para seu trabalho artístico. Iniciou fazendo máscaras de papel machê, para si e para seus amigos brincarem o carnaval. As formas de barro, encapadas com jornal e cola de farinha, fizeram parte do início de sua trajetória e descoberta artística assim como o convívio com o tio e poeta José Kleber que sempre o incentivou a trilhar o caminho das artes. Muitas de suas obras são as imagens mais utilizadas para a divulgação de Paraty como destino turístico cultural, reafirmando assim a singularidade de sua produção artística e a identificação de sua obra com Paraty.

Museu de Arte Sacra de Paraty
De 12 a 18 de julho das 09h às 12h, das 14h às 17h
Largo de Santa Rita, S/Nº, Centro Histórico
Fone: 3371-8328

Museu Forte Defensor Perpétuo
12 a 18 de julho das 09h às 12h, das 14h às 17h
Av. Orlando Carpinelli, 440, Pontal
Fone: 3373-1038

Teatro Espaço – Espetáculo de Bonecos

14 e 18 de junho, quarta e sábado às 21h

Os mais belos momentos de três diferentes espetáculos do Grupo Contadores de Estórias, todos eles consagrados pelo público e pela crítica: “Pas de Deux”, “Maturando” e “Rodin, Rodin”.

14 de julho, sábado, às 19h

Versão do Grupo Contadores de Estórias para a clássica história de Chapeuzinho Vermelho, que estreou em 1996. Obedecendo a já conhecida linguagem da companhia, o espetáculo é feito com bonecos de manipulação direta, sem palavras, apenas com o acompanhamento da trilha sonora, com clássicos de Bach, Debussy, Brahms e Beethoven.

Ingressos limitados à venda no local.
Rua Dona Geralda, 42 – Centro Histórico
Fone: (24) 3371-1157

Festa de Santa Rita de Cássia

O Sesc Paraty convida a todos para assistir as apresentações musicais que acontecerão entre os dias 13 e 15 de julho, dentro da programação na Festa de Santa Rita de Cássia.
Sesc Paraty na Festa de Santa Rita  – Largo de Santa Rita, Centro Histórico.
13/07 – 21:30h – Samba que eu Gosto
14/07 – 21:30h – Ciranda Elétrica
15/07 – 20:30h – Encontro de Cirandeiros

Deixe um comentário

Campos com * são obrigatórios. HTML não é permitido

Realização

Prefeitura de Paraty

Patrocínio

Eletronuclear

Parceria

Jet

Desenvolvimento

Opera2